Grupo Recuperando Vida

Como parar de fumar urgente

Como parar de fumar urgente

Parar de fumar não é tão simples quanto sugerem. Embora o próprio fumante saiba que ao deixar o hábito ele terá uma significativa melhora na sua qualidade de vida, trata-se de um procedimento desafiador, que envolve questões físicas e psicológicas.

Se você chegou até este artigo é porque provavelmente você é um (a) fumante ou possui um familiar que está tentando abandonar o vício, não é mesmo? Pois você chegou ao lugar certo. Neste post, reunimos uma série de dicas sobre como parar de fumar que lhe poderão ser úteis. Confira!

Como funciona a dependência química?

A dependência divide-se em dois aspectos: a química e a psicológica. Em relação à nicotina, ela está diretamente relacionada à dependência química.

A nicotina é uma substância que ativa a região cerebral associada ao prazer e a libera substâncias como serotonina e dopamina, provocando a famosa sensação de bem-estar. Outros hábitos que também causam a liberação destas substâncias são comer chocolate e praticar atividades físicas.

O que isso significa? Que quanto mais um indivíduo fuma, maior será a necessidade de elevar a quantidade de nicotina para gerar a sensação de bem-estar e tranquilidade.

Como podemos notar, o cigarro gera a mesma necessidade que qualquer outra droga, e quanto mais a pessoa passa a consumir, mais dependente ela ficará. E assim como as drogas ilícitas, a falta de cigarro pode provocar crises de abstinência e ansiedade.

4 passos para parar de fumar

  1. Pare aos poucos

Uma vez que a nicotina libera substâncias que proporcionam a sensação de bem-estar e tranquilidade, o tabagista sente-se mal-humorado e irritado quando não fuma. Por isso, é importante que ele não pare de fumar de maneira abrupta.

Deve-se primeiro reduzir a quantidade, de forma gradativa, para que o organismo possa ir se acostumando. Por exemplo: recomenda-se que um indivíduo que fuma uma carteira por dia (20 cigarros), diminua para 15 cigarros, mantendo esta quantidade por uma semana. Depois, ele deverá passar para dez, e pouco a pouco, reduzir até finalmente conseguir parar.

É claro que para alguns dependentes químicos esta redução não será tão fácil e rápida. É importante que o próprio fumante quanto seus familiares respeitem seus limites.

Já para aqueles que desejam parar de fumar imediatamente, é recomendado buscar acompanhamento médico.

  1. Evite o consumo de álcool e cafeína

Tanto o álcool quanto a cafeína não são recomendados para quem deseja parar de fumar. Isso porque estes tipos de bebidas contam com substâncias que aumentam a vontade de fumar, o que pode comprometer todo o processo de abandono do vício.

  1. Pratique atividades físicas

Optando pela prática de algum exercício, a pessoa estará abrindo mão apenas do cigarro, e não da sensação de prazer e bem-estar que a nicotina proporciona.

Conforme explicamos no início deste artigo, ao praticar atividades físicas o organismo libera serotonina, entre outros hormônios responsáveis pela sensação de prazer e bem-estar. A dica para quem não tem o hábito de se mexer é começar com uma caminhada.

E lembre-se: a prática deve ser regular.

  1. Buscar tratamento especializado

Por mais que uma pessoa tenha força de vontade para abandonar o tabagismo, sabemos que não é um processo fácil. Enquanto para uns pode não ser tão difícil, outros não conseguem. Esta condição varia de usuário para usuário por uma série de fatores, que envolvem seu organismo, o número de cigarros consumidos por dia, o tempo em que a pessoa fuma, entre outros.

Portanto, a solução mais eficaz neste tipo de situação, é buscar ajuda médica. Dependendo do caso, o paciente poderá buscar um profissional específico, como um cardiologista. Em outros, se faz necessária a busca por uma clínica de reabilitação especializada.

Ao contrário do que a maioria das pessoas acredita, a clínica de reabilitação não é voltada apenas para tratar casos de alcoolismo e drogas. Lembre-se que o cigarro apesar de ser legal, também é uma droga, e assim como as demais drogas, ele também causa a abstinência, entre outros danos físicos e psicológicos.

O Grupo Recuperando Vida é uma clínica que trata de casos de dependência química e alcoólica e conta com profissionais das mais diversas áreas da saúde, tais como enfermeiros, nutricionistas, psicólogos, psiquiatras e terapeutas.

Ficou com alguma dúvida? Deixe sua mensagem no formulário em nosso site, e nós a responderemos por e-mail.

 

VEJA TAMBÉM:

 

Somos especializados no encaminhamento e tratamento de usuários de drogas. Entre em contato com a Instituição Grupo Recuperando Vida para conversarmos mais. Entre em Contatos: (19) 3427-1643