Os efeitos biológicos da ingestão de bebidas alcoólicas

Quando o assunto é dependência química, a grande preocupação da população está nas drogas ilícitas como maconha, cocaína e crack. Entretanto, o principal vilão está oculto sob a aceitação da sociedade:

O álcool

Diferente dos exemplos citados, o álcool nem é considerado uma droga, contudo, ele também causa dependência física e psicológica ao seu usuário. Infelizmente, os casos de alcoolismo no Brasil são muitos. De acordo com um levantamento feito pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) em 2014, o país é o quinto com maior número de mortes – 12,2 a cada 100 mil óbitos.

E os números não param por aí. A dependência do álcool cresceu entre o público jovem nos últimos dois anos.
Embora nem sempre o álcool mate, ele nunca é benéfico, trazendo uma série de complicações à saúde do consumidor, que vai além do vício.

Os efeitos biológicos causados pela ingestão de bebidas alcoólicas também são altamente sérios e, se não tratados a tempo, podem sim levar à morte.

Por isso, neste tipo de situação, o mais recomendado é que a família providencie a internação do indivíduo, pois dificilmente ele tomará esta decisão sozinho.

Para os familiares também não é fácil, mas eles estão mais aptos a tomar a iniciativa e, tendo o conhecimento sobre os males que o alcoolismo proporciona ao organismo, a aceitação torna-se mais fácil.

Neste post, nós apresentamos os efeitos biológicos que o consumo excessivo de álcool pode causar. Confira!

O alcoolismo e seus efeitos biológicos:

Diferente de algumas drogas, o álcool não é injetado no corpo, e sim digerido. Quando este cai no estômago, ele passa por um processo no organismo. Ao ser absorvido pelo estômago e duodeno, a bebida alcoólica cai diretamente no fluxo sanguíneo, em um curto período de tempo.

Em seu primeiro acesso pelo fígado, ela passa a ser parcialmente metabolizado. Isso nada mais é do que uma reação do organismo, buscando meios de se livrar do álcool, extinguindo suas moléculas e expulsando uma pequena parte por meio do hálito, suor e urina. O restante que não é expelido vai realizar a sua ação por todo o organismo, uma vez que é preciso diversas passagens pelo fígado para que ele saia do corpo por completo.

Sendo assim, é no fígado que a composição química do álcool é modificada, sendo transformado em água e gás carbônico.
Além do mais, o fígado possui uma capacidade limitada de destruir o álcool. Por exemplo: O fígado demora aproximadamente uma hora para metabolizar um corpo de vinho. Logo, multiplicando por dez copos da bebida, o indivíduo permanecerá com o álcool em sua corrente sanguínea por 10 horas. É importante destacar que não há nada que possa ser feito que acelere esta metabolização.

Os efeitos do álcool no cérebro:

O álcool também atua em diversos sistemas químicos do cérebro, sendo a sua primeira ação no controle da ansiedade. O álcool possui como característica (efeito biológico, na verdade) deixar as pessoas mais relaxadas e por esta razão, muitas pessoas tímidas ingerem uma alta quantia de bebida, para se soltarem melhor com as demais pessoas.
Acontece que isso é um grande equívoco, além de ser prejudicial à saúde. Quando o usuário aumenta o seu consumo de bebidas alcoólicas para se sentir mais à vontade com outras pessoas, ela não irá atuar apenas no sistema de relaxamento, mas em outros sistemas cerebrais. Como resultado, o indivíduo poderá ficar sonolento ou agressivo.

A internação é a solução:

Quando um consumidor de bebidas alcoólicas perde o seu controle e passar a beber diariamente, é essencial que a família intervenha. A solução está no tratamento de dependência química, que só é possível por meio da internação.
O Grupo Recuperando Vida está presente há anos no mercado e conta com instalações confortáveis e apropriadas para cada tipo de tratamento de dependência, proporcionando a melhor segurança e qualidade para o paciente e seus familiares.

VEJA TAMBÉM:

 

Somos especializados no encaminhamento e tratamento de usuários de drogas. Entre em contato com a Instituição Grupo Recuperando Vida para conversarmos mais. Entre em Contatos: (19) 3427-1643

900 votes, average: 4,90 out of 5900 votes, average: 4,90 out of 5900 votes, average: 4,90 out of 5900 votes, average: 4,90 out of 5900 votes, average: 4,90 out of 5 (900 votes, average: 4,90 de 5)
You need to be a registered member to rate this.
Loading...