Grupo Recuperando Vida

Overdose: Como ela começa

Overdose: Como ela começa?

Overdose: Como ela começa Uma overdose é a reação do organismo causada pelo consumo em excesso de drogas ou medicamentos. Trata-se de uma intoxicação, onde o usuário consome uma quantidade de substâncias químicas superior a que seu corpo é capaz de aguentar.

A overdose é uma condição delicada que pode causar graves problemas, tais como paradas respiratórias, cardíacas e o acúmulo de líquido nos pulmões. Quando a vítima não é atendida prontamente por um médico, ela pode vir a óbito.

Mas, afinal, como saber quando alguém está tendo uma overdose? Como ela começa? As informações presentes neste artigo trazem as respostas para estas dúvidas. Acompanhe.

Quais as causas da overdose?

Existem dois tipos de overdose: a acidental e a provocada. Na primeira, o usuário que está consumindo as substâncias não têm consciência das suas consequências. Já a segunda, como o próprio nome sugere, ela é provocada – o indivíduo tem ciência dos seus atos.

Além do consumo em excesso de drogas e medicamentos, a overdose também pode ser causada pela ingestão de bebidas alcoólicas e tranquilizantes.

Como a overdose começa?

A overdose de drogas é caracterizada pelos seguintes sinais:

  • – Dores de cabeça intensas;
  • – Febre;
  • – Náuseas e vômitos;
  • – Suor excessivo;
  • – Confusão mental e alucinações;
  • – Desmaios;
  • – Convulsão;
  • – Aceleração ou redução dos batimentos cardíacos;
  • – Dores no peito;
  • – Dificuldade na respiração;
  • – Dificuldade em falar e se movimentar.
Já em uma overdose de medicamentos, os sintomas são:
– Tontura e desmaios;
– Náuseas e vômitos;
– Fortes dores no lado direito da barriga;
– Convulsão

É importante destacar que no caso da overdose de remédios, tais indícios podem levar até três dias para se manifestar. Contudo, isso não quer dizer que nos dias anteriores à reação, o organismo está bem. Neste período, as lesões geradas no fígado vão progredindo.

É por isso que sempre que ao ingerir qualquer medicamento em dosagem acima do indicado, deve-se ir prontamente ao hospital, para verificar se não há nenhum risco de efeito colateral. Vale lembrar que consumir qualquer remédio sem prescrição médica também representa um grande perigo.

A overdose pode acometer o dependente químico por mais de uma vez

Quando um dependente químico é socorrido há tempo e consegue sobreviver à overdose, é importante que ele dê início a um tratamento em uma clínica de reabilitação.

Quando o seu vício não é tratado, ele pode vir, posteriormente, a sofrer de outra overdose e acabar não resistindo. Por isso, é importante que após o traumático episódio, familiares e amigos estejam ao lado do paciente e considerem a internação, pois dificilmente o usuário conseguirá abandonar a dependência sozinho.

Em uma clínica de reabilitação, o paciente receberá tratamento adequado e assistência dos mais variados profissionais da área da saúde, tais como médicos, enfermeiros, psicólogos, nutricionistas, entre outros. Quanto antes buscar a ajuda de uma clínica de reabilitação, mais rápida será a cura.

Em nosso site, você poderá conhecer nossa clínica especializada no tratamento de dependentes químicos e alcoólicos. Em caso de dúvidas, entre em contato conosco. Nós teremos o maior prazer em te responder.

 

 

Somos especializados no encaminhamento e tratamento de usuários de drogas. Entre em contato com a Instituição Grupo Recuperando Vida para conversarmos mais. Entre em Contatos: (19) 3427-1643

 

63 / 100
Open chat
Grupo Recuperando Vida Olá! Como posso ajudar?