Grupo Recuperando Vida

lanca perfume como esse droga age no organismo

Drogas mais viciantes

Drogas mais viciantes

Muitas pessoas consomem drogas por conta dos efeitos iniciais que causam no organismo – geralmente de euforia e prazer. Mas a busca incessante por essas sensações leva o usuário a usar as substâncias em dosagens maiores e com maior frequência, e os efeitos devastadores no corpo e na mente logo aparecem.

Levando em consideração os danos para o organismo e o índice de dependência, conheça as 6 drogas mais viciantes (ilegais) mais poderosas do mundo.

Cocaína

A cocaína é obtida a partir das folhas da planta de coca. No primeiro momento, elas são prensadas com ácido sulfúrico até formar uma pasta; depois, é misturada com ácido clorídrico para a obtenção do pó. Os efeitos são obtidos minutos após a inalação, como euforia, aumento da disposição e inibição do cansaço.

O problema surge com o uso contínuo da droga, com alto índice de dependência, que pode causar aumento da pressão arterial, contração dos vasos sanguíneos, arritmia e risco de ataque cardíaco, além de alucinações, quadros severos de ansiedade, delírios, paranoia e agressividade. Em casos extremos, a overdose pode levar à morte.

Crack

A pedra de crack é produzida a partir da mistura de cocaína, água e bicarbonato de sódio, em um processo utilizado a fim de diminuir os custos de obtenção da droga. O risco de dependência é altíssimo, já que a droga chega ao cérebro segundos após o primeiro trago. Em casos severos, o usuário desenvolve depressão, compulsão para uso, agressividade, paranoia, problemas respiratórios e cardíacos.

Flakka

A flakka é uma droga sintética barata ainda pouco conhecida no Brasil, mas que já causou muitos estragos nos Estados Unidos. Semelhante a sais de banho, esse estimulante gera efeitos rapidamente no organismo, como euforia e desinibição. Mas sua toxicidade pode causar problemas cardíacos, agressividade, paranoia e até psicose. Não são raros os casos de morte por overdose após sua utilização, que pode ser por fumo, inalação ou injeção na corrente sanguínea.

GHB

Sigla para Ácido Gama-Hidroxibutírico, o GHB também é conhecido como “ecstasy líquido”. Geralmente consumido em pó ou diluído em água, ele age no sistema nervoso como um poderoso depressor, que leva o usuário a um quadro de perda da consciência e leve euforia. No entanto, um leve aumento na dosagem pode causar efeitos como convulsões e parada cardiorrespiratória.

Heroína

Uma das drogas mais viciantes e prejudiciais ao organismo, a heroína é obtida a partir da papoula, e os efeitos são sentidos segundos após a injeção da substância na corrente sanguínea. Inicialmente, há uma sensação de euforia e conforto, mas que pode se encaminhar para uma depressão profunda em questão de minutos.

Fisicamente, a heroína causa vários prejuízos para o organismo, como inflamação das válvulas cardíacas, necrose das veias, surdez, cegueira, taquicardia, problemas estomacais, entre outros. Além disso, os dependentes sofrem danos psicológicos severos, a ponto de evoluir para um quadro de suicídio.

Metanfetamina

Essa droga branca cristalina é utilizada como estimulante, que gera um quadro de euforia, autoconfiança e hiperatividade no usuário. De acordo com a dosagem e o organismo da pessoa, os efeitos podem durar de 8 a 24 horas. Os efeitos colaterais, no entanto, costumam ser severos: agressividade, psicose, perda de memória, danos no coração e no cérebro são os mais comuns. O vício em metanfetamina é considerado um dos mais difíceis de serem tratados por conta do alto grau de dependência da substância

 

VEJA TAMBÉM:

 

Somos especializados no encaminhamento e tratamento de usuários de drogas. Entre em contato com a Instituição Grupo Recuperando Vida para conversarmos mais. Entre em Contatos: (19) 3427-1643