Grupo Recuperando Vida

Remédios para parar de beber: Eles realmente funcionam?

Remédios para parar de beber: Eles realmente funcionam?

O alcoolismo é um grave problema que, infelizmente, atinge milhares de famílias em todo o Brasil. A dificuldade de assumir o problema já é uma grande barreira, no entanto, combatê-lo por conta própria é ainda mais complicado. Quando o dependente toma ciência de aquilo esta consumindo sua saúde, seu bem-estar e sua vida social, tentar interromper o consumo sozinho não é uma das tarefas mais fáceis de fazer.

Nessa luta constante, muito se fala sobre a existência de remédios para parar de beber. Mas será que eles existem e, de fato, são eficientes para todos os casos de alcoolismo? É exatamente sobre isso que vamos falar neste post. Se você conhece alguém que sofra com essa situação, continue a leitura e se informe melhor. Vamos começar!

Existem remédios para parar de beber?

Sim, existe Remédio para parar de beber. Eles existem, porém, é preciso muita cautela antes de decidir um tratamento por conta própria. Afinal, como qualquer outro medicamento, é necessário se consultar ao médico para saber suas condições e possíveis reações ao consumir essas substâncias. Um remédio para parar de beber muito comum, desenvolvido unicamente para esse fim, é o antietanol. Ao ser ingerido, com pequenas doses de álcool, ele gera alguns efeitos colaterais bem indesejáveis, como vômitos, dores de cabeça, variação da pressão e dificuldades para respirar.

Com todas essas reações, realmente fica muito difícil alguém, já muito fragilizado pelo vício, optar por um tratamento desse tipo. Por isso, remédio para parar de beber nem sempre são muito efetivos em um tratamento voluntário.

O mais recomendado é procurar por uma ajuda profissional, pois, dessa forma, o dependente se torna um paciente e é acompanhado por médicos, psicólogos e enfermeiros, que saberão indicar os tratamentos e medicamentos, nas horas e doses adequadas para cada tipo de perfil. Mais abaixo, vamos conferir qual o melhor caminho para o alcoólatra de livrar de seu vício.

Usar remédio para parar de beber ou buscar uma internação?

Como informamos cada caso deve ser observado separadamente. Mas, sem dúvidas, contar com a ajuda de uma clínica de recuperação, principalmente para os casos mais crônicos, é a melhor solução. Em uma instituição desse tipo, o paciente participa de sessões de terapias com outras pessoas que enfrentam o mesmo problema, participa de atividades que ocupam seu tempo, além de palestras, trabalhos e acompanhamento médico constante.

Remédios para parar de beber, sem uma indicação e uma observação contínua de um profissional, podem ser algo perigoso e, inclusive, piorar a situação do viciado. Por isso, se você tem alguém na família, que sofre com esse tipo de problema, entenda e encare como uma doença e que precisa ser tratada de forma séria e consciente. O seu apoio pode salvar a vida de alguém que você ama.

Essas foram algumas informações sobre o uso de remédios para parar de beber. Apesar de existirem, é preciso muita atenção antes de se iniciar qualquer tipo de tratamento. Portanto, sempre busque orientações com instituições e profissionais que trabalhem com desintoxicação de dependentes químicos.

Achou as informações úteis? Se você conhece alguém em situação de alcoolismo que precise de ajuda, entre em contato conosco. Podemos ajudar, tanto com mais informações como com indicações do tratamento mais recomendado para o caso.

VEJA TAMBÉM:

 

Somos especializados no encaminhamento e tratamento de usuários de drogas. Entre em contato com a Instituição Grupo Recuperando Vida para conversarmos mais. Entre em Contatos: (19) 3427-1643

[ratings]