Grupo Recuperando Vida

Hipnose contribui para a recuperação da dependência química

Hipnose contribui para a recuperação da dependência química a hipnose é uma técnica tão eficaz quanto imersa em mitos e verdades. Desde a infância é comum termos a lembrança de algum personagem de desenho animado balançando um pêndulo na frente de outro e este ficando com os olhos vidrados e depois com aquelas espirais que sugerem que está “saindo do ar”.

Isso nem de longe lembra o que de fato realmente ocorre em uma sessão na qual se utiliza da hipnose.

Para começar, ela é muito segura. Ninguém fica à mercê dos comandos do hipnotizador.

Utilizada em sua forma clássica desde o século 18, atualmente vem sendo aplicada com êxito na cura da dependência química.

A hipnose pode ser descrita como um estado de atenção muito concentrada e induzido por um profissional habilitado, o hipnólogo. É muito comum a experiência de realizar uma tarefa de uma forma tão automática que ao terminá-la nem sabemos como a executamos.

Caminhar de volta para casa após o trabalho, por exemplo.

Por estarmos tão acostumados com o trajeto e cheio de pensamentos na mente, quando estamos abrindo a porta, percebemos que nem temos ideia de como chegamos, como se um “botão” na cabeça estivesse se desligado.

É este o estado de atenção que se obtém em uma sessão. Como resultado o hipnólogo acessa a mente inconsciente da pessoa e é nela que incute novos padrões de pensamentos capazes de gerar um novo comportamento.

Tudo isso é feito com o paciente consciente que é capaz de se lembrar do que foi conversado e o que se passou na sessão. O objetivo é que esse novo comportamento ajude a tomar decisões melhores que o afastem da dependência química.

Cada indivíduo é único e tem um tempo específico para responder ao tratamento. O que se pode afirmar é que pesquisando casos de uso da hipnose no tratamento à dependência química é possível encontrar relatos de dependentes que na segunda sessão decidiram não mais fazer uso da substância.

Em um caso deste tipo, destacou-se o fato de que meses depois, ao realizar uma sessão de hipnose como manutenção ao tratamento, a pessoa não havia voltado a fazer uso de qualquer substância ilícita.

A hipnose é útil também para apontar predisposição ao uso por tendências comportamentais, traumas, possíveis transtornos emocionais entre outras causas que possam contribuir para que a pessoa não consiga se controlar, mesmo sabendo das consequências negativas.

Ao descobrir a causa, a sessão da hipnose chega ao centro do problema e deste jeito tem condições de eliminar o que está provocando a dependência química no paciente.

Outro ponto importante a ser destacado aqui é que toda a relação entre hipnotizado e hipnólogo é sigilosa como em qualquer relacionamento entre médico e paciente. Saber que é seguro contar qualquer informação ao profissional é fundamental para que a sessão tenha bom resultado, pois a confiança no hipnólogo contribuirá bastante.

Ainda neste sentido da relação entre profissional e paciente, cabe a pessoa que está recebendo o tratamento a responsabilidade de estar disposto a fazer funcionar. A vontade de sair da dependência deve ser um estímulo para o melhor aproveitamento da sessão de hipnose.

Não tenha vergonha de buscar essa ajuda quando perceber que o vício saiu do controle Procure um profissional de confiança e viva uma vida nova, cheia de felicidade verdadeira.

 

 

Somos especializados no encaminhamento e tratamento de usuários de drogas. Entre em contato com a Instituição Grupo Recuperando Vida para conversarmos mais. Entre em Contatos: (19) 3427-1643

 

Open chat
Como posso ajudar
Olá, seja bem vindo ao Grupo Recuperando Vida estamos aqui para tirar todas as suas duvidas nosso atendimento 24 horas