Clínica Internação Involuntária

Clínica Internação Involuntária

Clinica  Internação Involuntária ocorre quando o paciente não entende a necessidade da internação e não aceita a condição de dependente de drogas ou álcool.

É importante ressaltar que mesmo quando ocorre a internação involuntária a pedido da família, o paciente passa por uma avaliação clínica rigorosa para verificar se realmente existe esta necessidade de internação, bem como verificar se o paciente faz o uso de substâncias entorpecentes e se o procedimento de internação solicitado pela família é de fato o mais indicado, o que geralmente ocorre, salvo algumas exceções.

A internação involuntária segue um procedimento regulamentado pela Lei 10.216 de 06 de abril de 2001. Esta internação pode ocorrer não apenas com autorização dos familiares como também, de um médico atestando a real necessidade desta internação, caso contrário, a internação não pode ser realizada.

Quando realizado o procedimento de internação involuntária, a clínica tem um prazo de 72 horas para comunicar o Ministério Público que o paciente se encontra no ambiente da instituição, em tratamento.

Existe hoje uma série de normas reguladoras dos serviços de atenção a dependência química, principalmente para o tratamento involuntário.

Alguns registros, principalmente o de estabelecimento de saúde, são imprescindíveis para esta modalidade de tratamento.

Estes registros trazem segurança e tranquilidade para a família evitando futuros aborrecimentos, segurança para o paciente, pois ele está sendo atendido e tratado por uma clínica regulamentada e fiscalizada, e segurança para a própria clínica por estar trabalhando dentro da legalidade. 

Somos especializados no encaminhamento e tratamento de usuários de drogas. Entre em contato com a Instituição Grupo Recuperando Vida para conversarmos mais. Entre em Contatos: (19) 3427-1643