Onde o meu filho esconde as drogas?

Onde o meu filho esconde as drogas?

Muitos pais ao descobrirem que seus filhos são viciados em drogas começam a viver um verdadeiro pesadelo. É muito difícil acreditar que aquele filho que criamos com amor, atenção e carinho cresceu e se tornou um dependente químico. Infelizmente essa é a realidade de muitas famílias. E para ajudá-las a detectar o problema o quanto antes e descobrir os possíveis lugares onde os dependentes costumam esconder as drogas, elaboramos este artigo.

Alguns locais usados para esconder drogas

Qualquer lugar pode ser um esconderijo para os jovens guardarem suas drogas, mas existem alguns que são mais comuns. Veja a seguir:

Dentro da bolsa, mochila ou carteira: por serem pertences que, teoricamente, só o próprio jovem tem acesso, eles pode se sentir mais seguro em esconder a droga lá. Principalmente naqueles bolsinhos menores localizados no interior da bolsa.

Quarto: por ser um local onde os jovens têm total privacidade, ele podem se sentir à vontade para esconder as drogas dentro do seu quarto. Verifique todos os cantos do quarto e todos os objetos que ficam dentro dele, inclusive no guarda-roupa.

Outros objetos pessoais e onde menos se espera: embalagens de chicletes e balas também podem ser esconderijos, além de outros objetos dentro da casa, como vasos de planta, livros, caixinhas de decoração, eletrônicos etc.

Mas afinal, como descobrir se meu filho está ou não usando drogas?

Essa é uma dúvida comum entre os pais quando começam a aparecer os primeiros sinais de desconfiança. Algumas vezes os pais já sabem do que está acontecendo, mas não querem acreditar ou aceitar e começam a ignorar a possibilidade do filho ter entrado para esse mundo.

Vamos à realidade. Se existe alguma desconfiança, por menor que ela seja que seu filho está usando drogas, investigue, pois quanto antes você detectar, maior será as chances de recuperação. O primeiro ponto a ser analisado é se está havendo alguma mudança no comportamento do jovem. Ele tem chegado a casa mais tarde que o normal com freqüência? Está se irritando ou se tornando agressivo facilmente? Você tem reparado que os olhos estão vermelhos e mais dilatados? O rendimento escolar está caindo? Ele abandonou as amizades antigas e está convivendo com um novo grupo de amigos?

Se sua resposta foi “sim” para, pelo menos, três dessas perguntas, existe uma grande chance de o seu filho estar se envolvendo com drogas. Essas são apenas algumas das inúmeras características que indicam que o indivíduo é um dependente químico. Se você conseguir comprovar que realmente é verdade, não se desespere e não confronte seu filho com xingamentos e sermões. Procure primeira a opinião de um especialista no assunto ou de um psicólogo, e depois tente conversar com o jovem de maneira amigável, mostrando que você está do lado dele e que quer ajudá-lo.

Vencer a batalha contra as drogas não é fácil. Porém, é importante que, ao primeiro sinal de desconfiança, as famílias já se certifiquem se realmente está acontecendo e procurem logo uma clínica de reabilitação.

VEJA TAMBÉM:

 

Somos especializados no encaminhamento e tratamento de usuários de drogas. Entre em contato com a Instituição Grupo Recuperando Vida para conversarmos mais. Entre em Contatos: (19) 3427-1643

900 votes, average: 4,90 out of 5900 votes, average: 4,90 out of 5900 votes, average: 4,90 out of 5900 votes, average: 4,90 out of 5900 votes, average: 4,90 out of 5 (900 votes, average: 4,90 de 5)
You need to be a registered member to rate this.
Loading...